quinta-feira, 19 de abril de 2018

De Sergio Moro ao exército que não saiu da toca!

Nós, brasileiros, clamávamos por alguém que nos representasse nos honrasse, alguém honesto e compromissado com a execução das leis, este homem se chama Sérgio Moro.
Verdadeiramente deveria ser chamado de Exmo Sr Juiz Sérgio Moro pois é como  merece ser tratado. Sim, porque hoje não podemos, infelizmente, dar esse tratamento a maioria dos que exercem esta ou outras funções importantes. 

Hoje em dia nós, brasileiros, nem acreditamos mais nos membros do STF, que está uma vergonha para nós brasileiros honestos. O Congresso Nacional, a presidência da República onde o Executivo, presidente Michel Temer, age como um comparsa da quadrilha instituída pelo PT e seus aliados.
Michel Temer e seus aliados, infelizmente nos representando de maneira forçada, mas não porque desejamos. Foi armado um esquema onde ele se saiu bem assumindo a presidência, mas até agora só tem feito se defender de acusações que lhe são impostas. Governar que é bom, ainda estamos aguardando...



Nós, brasileiros, estávamos quase órfãos de um representante honesto, digno e patriota. A gente não sabe se, por medo ou por eles da quadrilha criminosa, exterminarem, como já vimos em situações duvidosas para uns e certeiras para muitos de nós, como nos casos das mortes de Celso Daniel, Teori Zavassi, Eduardo Campos e outros de uma lista extensa termos exatidão de que estas pessoas foram eliminadas.





Nosso país quase foi transformado em coisa parecida com Cuba ou Coreia do Norte e Venezuela, coisa que Lula e seus aliados quase conseguiram. Os esquerdopatas queriam isso a todo custo. Só que, felizmente, temos o Exmo Sr Juiz Sérgio Moro, os Procuradores, as Polícias Federal, Civil e Militar, as Forças Armadas e nós brasileiros de bem, lutando por nosso país.






*******

CADÊ O EXÉRCITO DO CARA QUE QUER GUERRA?
Como ele se calou Gleise Hoffman abriu a latrina
Lula, Stédile e Boulos...
Stéwdile
Cadê o Exército de Stédile? Não saiu da toca! Aí, vem essa senhora de triste figura tentar apoio dos extremistas muçulmanos. Muita gente está gostando disso tudo. Vejam bem como  acontecem as coisas. É só observar o que vem fazendo como a invasão do Boulos no triplex do Lula, na invasão destrutiva do MST na fazenda do Orcar Marone... Tudo fartamente documentado para ser utilizado nas próximas eleições. Seria bom também que o MST, nas pessoas dos seus líderes, fossem responsabilizados por perdas e danos. Nada como fazer doer no bolso...


Com relação a essa "dona" maluca, que está mais perdida do que cego em meio a um tiroteio, o caso dela é de internação em uma cela em algum presídio de segurança máxima. E, se ainda não está em um é por ter privilégios como o tal do foro privilegiado, que contraria o Art. 5º da nossa Constituição que diz que "todos são iguais perante a lei", mas ao que parece alguns são mais iguais que outros e isso precisa mudar com urgência!

Que se acabe o foro privilegiado, com urgência!



**********

Ir para o Jornal DeBolso

domingo, 14 de janeiro de 2018

Cármen Lúcia, presidente do STF, convoca presidente do TRF-4

Por que justo às vésperas do julgamento de Lula?
É um tanto estranho!

A ministra Carmen Lúcia, presidente do STF, causou estranheza ao convocar o presidente do Tribunal Regional Federal (TRF-4), Carlos Eduardo Thompson Flores, para uma conversa tete-a-tete, conversa essa que  bem poderia ser por telefone ou através um comunicado oficial via ofício, afirma a maioria das pessoas que comentam sobre sua atitude. Será algo tão importante assim, às vésperas do julgamento de Lula, que foi condenado pelo juiz Sergio Moro a nove anos e meio de cadeia?

O povo já anda sismado com as atitudes dos ministros do STF que não se entendem e cada um puxa a brasa para a sua sardinha, tomando decisões pessoais sem levar em conta o que diz, na realidade, a Constituição.

Será que ela, a ministra, quer influenciar nas decisões do pessoal do TRF-4? Não deveria! Será que essa conversa que ela tanto quis fosse feita com urgência, não pudesse ser depois do julgamento? Por que tanta pressa?

Por mais que digam que a conversa entre ambos seja institucional, quem é que vai acreditar? Eu não vou. Para mim essa convocação foi feita em hora errada.

Nas redes sociais os comentários são contundentes e já foi aventada a ideia de que o assunto, devido às ameaças aos magistrados que cuidam do caso Lula, seria a segurança dos mesmos mas, será? A dúvida é muito grande.

Não sou conhecedor a fundo do que se passa no STF mas acompanho de todas as formas que são apresentadas as informações a respeito por sites oficiais, páginas sociais, blogs e, o que anotei é que a desconfiança é muito grande e o descrédito que paira sobre os membros do STF é muito grande. Isso está deixando as pessoas com os ânimos exaltados.

A instituição STF está se desmoralizando aos poucos com atitudes de seus mebros como foi o caso da destituição de Dilma Rousseff da presidência e um de seus ministros "inventou" na hora da votação e das penalidades que deveriam ser impostas à ex-presidente, deixando-a livre para até mesmo assumir cargos públicos... Gilmar Mendes, o "mais famoso" de todos, é useiro e vezeiro em soltar condenados, entre outros.
Isso tudo e mais, faz com que não se acredite na lisura das decisões dos ministros que deveriam defender com unhas e dentes o que está na Carta Magna da República.

Nós, do povo, gostaríamos de ver os guardiões da nossa Constituição, no caso os membros do Superior Tribunal Federal, como pessoas íntegras (como não tem sido demonstrado nos últimos tempos) e que não tomassem decisões contrárias ao que deveria ser feito. Pois o que vemos é juiz Federal condenando criminosos por crimes comprovados e ministros revertendo essas condenações, soltando bandidos perigosos, deixando a entender que o crime compensa e que se dane a Constituição. (Claudio Vianei)

Ir para o Jornal DeBolso